27/06/2016
Ser cada vez mais sustentável é o foco
“Se continuarmos a agir como estamos agindo hoje, em 2050 a demanda por recursos será três vezes maior do que o planeta pode fornecer”
Lubgrax

Maxim Peretolchin é formado em química pela Universidade Estadual de Saint-Petersburg, Rússia, e tem PhD pela Universidade de Mainz, na Alemanha pelo trabalho realizado no Instituto Max-Planck para Pesquisa de Polímeros, localizado em Mainz. Maxim passou dois anos desenvolvendo trabalho científico na Universidade de Genebra, Suíça. Em 2005, ingressou na BASF em Ludwigshafen, Alemanha, trabalhando em pesquisa e desenvolvimento de vários temas, e hoje, é responsável pelo desenvolvimento e comercialização de aditivos para combustíveis.

Em entrevista para Lubgrax, Peretolchin discorre sobre questões que envolvem o mercado, tais como: aplicações nos processos, dificuldades das empresas em se alinharem com a imposição do mercado em tornar cada vez mais o trabalho sustentável e entre outros pontos importantes.

Revista Lubgrax: Quais os pontos mais importantes que serão discutidos no simpósio?

Maxim Peretolchin: Discutimos o aumento da eficiência promovida pelo uso de aditivos de combustíveis, destacando as vantagens tecnológicas relacionadas ao uso de aditivos, que se tornaram peça fundamental na prevenção de falhas assegurando um melhor desempenho dos veículos. Além disso, destacamos a importante contribuição dos aditivos para o desenvolvimento sustentável. Com um motor mais limpo e um combustível mais eficaz, há uma redução de manutenção do veículo e uma melhor economia de combustível. Isso contribui para uma utilização sustentável dos recursos e uma redução de emissões de CO2, gerando ganhos econômicos e ambientais.

 

Revista Lubgrax: Quais as melhorias mostradas pelas indústrias nos últimos anos a fim de as tornarem cada vez mais sustentáveis?

Maxim Peretolchin: O conceito de desenvolvimento sustentável ganhou recentemente importância significativa na agenda global. O conceito inclui atividades globais de proteção ambiental, uso responsável dos recursos, redução das emissões de CO2, luta contra mudanças climáticas e outros. É possível demonstrar cientificamente que o uso de aditivos de combustíveis pode contribuir para a melhoria da eficiência dos combustíveis. Os aditivos podem levar a melhor economia de combustível e, portanto, a um menor consumo ajudando a diminuir as emissões de CO2. A BASF desenvolveu um amplo know-how testando os efeitos e benefícios dos aditivos de combustíveis. Com isso, é possível medir a economia de combustível com uma taxa de confiança alta, usando análise estatística padrão, aceita pelos OEMs (Fabricante Original do Equipamento), reguladores do governo e engenheiros de produtos petrolíferos.

Revista Lubgrax: Com relação à aplicação de aditivos, você poderia citar exemplos que resultaram em um melhor desempenho dos veículos?

Maxim Peretolchin: Os aditivos de combustíveis são utilizados mundialmente. Os pacotes multifuncionais de aditivos de combustíveis, formados por vários componentes, garantem uma variedade de vantagens de desempenho quando utilizados em vários tipos de combustíveis: gasolina, diesel e combustível para aviação. Em algumas regiões, quase todos os combustíveis - como a gasolina nos EUA, ou a gasolina e o diesel em muitas regiões da Europa - são acrescidos de aditivos de combustíveis compulsoriamente ou voluntariamente. Isto é feito para melhorar a qualidade dos combustíveis e assegurar o funcionamento contínuo dos motores. Dependendo da aplicação, eles garantem a limpeza do motor, melhor economia de combustível, menores emissões, e uma melhor performance de condução. Os pacotes contribuem para melhorar a estabilidade do combustível e garantir seu processamento contínuo e mais seguro. Atualmente, como a tecnologia dos motores está cada vez mais sofisticada, a qualidade do combustível e a performance desempenham um papel importante na prevenção de falhas de veículos. Isto é reconhecido pelas montadoras, que recomendam o uso de aditivos, especialmente nas regiões em que o combustível apresenta menor qualidade, através da utilização de pacotes de aditivos adequados. As montadoras fornecem suporte na aditivação de combustível através de recomendações descritas em diretrizes tais como o Worldwide Fuel Charter ou Top Tier. Na apresentação que fizemos no Simpósio abordamos os aspectos de prevenção contra falhas com o uso de aditivos. Aditivos de combustíveis adequados podem evitar o mau funcionamento do motor e resolver alguns dos problemas caso já tenham ocorrido.

Revista Lubgrax: As empresas têm se mostrado mais engajadas com a questão ambiental e têm desenvolvido projetos alinhados com esse tema ou ainda há espaço para melhorias?

Maxim Peretolchin: A BASF, como fornecedora de soluções para a indústria de combustíveis e lubrificantes, dá enorme importância ao desenvolvimento e fornecimento de soluções sustentáveis. Desenvolvemos e oferecemos aditivos de combustíveis que ajudam a reduzir as emissões diminuindo o impacto no meio ambiente. Além disso, podemos conseguir uma maior vida útil para o motor. Os aditivos fornecem vantagens de economia de combustível, otimizando o uso dos recursos naturais, reduzindo os custos da utilização de veículos resultando na diminuição global de custos.

Revista Lubgrax: Quais as dificuldades enfrentadas pelas empresas ao tornarem o seu trabalho mais sustentável?

Maxim Peretolchin: Em muitos casos, a empresa precisa ter uma mudança estratégica de mentalidade, para sair do foco de alcançar metas de curto prazo - que podem trazer vantagens financeiras no curto prazo - para ir em busca de soluções sustentáveis, que tragam benefícios no longo prazo, mas que podem exigir mudanças, por exemplo, em processos de produção ou na escolha de matérias-primas. Na BASF, implementamos a sustentabilidade em projetos de pesquisa e desenvolvimento, que é considerado como um dos critérios importantes na escolha de um produto para entrar no mercado e cumprir com a abordagem de sustentabilidade da BASF. Para o desenvolvimento de novos produtos, muitos aspectos são de grande importância, por exemplo, a biodegradabilidade, a utilização de matérias-primas renováveis, a aplicação de medidas e processos para economia de água e energia e redução das emissões. O desenvolvimento dos nossos aditivos de combustíveis segue a abordagem de sustentabilidade da BASF.

Na BASF, queremos contribuir para um mundo que ofereça um futuro viável com uma melhor qualidade de vida para todos. Fazemos isso, transformando a química para os nossos clientes e para a sociedade, utilizando os recursos disponíveis da melhor forma possível. Isto está expresso de maneira bem clara no nosso objeto social "Nós transformamos a química para um futuro sustentável" e é apoiado pelas nossas ações. É por isso que criamos o Sustainable Solution Steering, uma avaliação abrangente da sustentabilidade e do processo de tomada de decisão para todas as unidades de negócios da BASF. Usando este processo, podemos identificar as soluções da BASF que contribuem significativamente em termos de sustentabilidade no seu setor industrial, bem como as soluções no nosso amplo portfólio em que há oportunidades de melhorias para que possam satisfazer plenamente as normas de desenvolvimento sustentável que queremos alcançar. Além disso, a BASF desenvolveu o inovador "método do balanço de biomassa", juntamente com a TÜV SÜD, no qual os recursos fósseis no Verbund de produção atual são substituídos por recursos renováveis com certificação de sustentabilidade. A formulação e a qualidade dos produtos finais correspondentes permanecem inalteradas. Neste processo, matérias-primas renováveis são utilizadas como insumos bem no início da produção no Verbund, e alocadas aos respectivos produtos de vendas, utilizando o novo método de certificação. Dessa forma, os produtos certificados contribuem para o desenvolvimento sustentável através da economia de recursos fósseis e redução das emissões de gases de efeito estufa.

Revista Lubgrax: O uso de biocombustível é uma solução mais benéfica do que o modelo convencional, seja sintético ou petróleo, ou para as empresas adotarem este tipo de produto os custos seriam maiores ou até mesmo o processo seria mais difícil?

Maxim Peretolchin: A BASF apoia a tendência do uso mais amplo de biocombustíveis em todo o mundo, assegurando que nossos aditivos proporcionam um desempenho confiável também em combustíveis que contêm biocombustíveis. O Brasil é um dos países líderes em todo o mundo no uso de biocombustíveis, incluindo combustível para motores diesel contendo quantidade crescente de biodiesel e etanol - amplamente disponível no país. A BASF garante que os aditivos de combustíveis também ofereçam benefícios em termos de desempenho esperado para biocombustíveis que possuam misturas.

Revista Lubgrax: Quais são as perspectivas para os próximos anos? O caminho ainda é muito longo, por isso temos de fato um mercado mais integrado com relação às restrições ambientais?

Maxim Peretolchin: A população da Terra deverá aumentar para 9 bilhões até 2050. Se continuarmos a agir como estamos agindo hoje, em 2050 a demanda por recursos será três vezes maior do que o planeta pode fornecer. Isto significa que mudanças devem acontecer. O desafio: satisfazer as necessidades de uma população em expansão dentro dos limites do planeta. Acreditamos que a química pode servir como um facilitador aqui. Junto com nossos parceiros elaboramos soluções sustentáveis para melhorar a qualidade de vida. A inovação, melhoria contínua e ação responsável ao longo das cadeias de valor garantem o uso mais eficiente de recursos e o sucesso a longo prazo dos negócios. A BASF tem um pipeline com vários projetos de pesquisa e desenvolvimento para cumprir demandas que irão surgir nos próximos anos. Identificamos tendências de longo prazo no desenvolvimento da sociedade, incluindo novas exigências no transporte e trabalhamos para oferecer soluções para os nossos parceiros - talvez sejam produtos que melhorem ainda mais o transporte movido a combustível, com maior eficiência, e que seja amigo do ambiente ou soluções alternativas para os motores, como por exemplo, veículos elétricos.

Copyright © Sellcomm Editora - Todos os direitos reservados
Receba nossa Newsletter
enviar