24/05/2016
Técnica MQL reduz em até 50% temperatura nos processos de usinagem
Testes realizados pela Quimatic Tapmatic com auxílio de termovisor comprovam queda de temperatura de 150ºC para 75ºC na usinagem com Mínima Quantidade de Lubrificante (MQL) na comparação com a usinagem a seco (sem lubrificante)
Lubgrax

Por meio de testes realizados com o auxílio de um termovisor, a Quimatic Tapmatic constatou que a Técnica MQL (mínima quantidade de lubrificante) reduz em até 50% a temperatura no processo de usinagem em relação à usinagem a seco.

Como lembra a empresa, quando ocorre a usinagem a seco, ou seja, sem fluido de corte, a temperatura pode ultrapassar facilmente os 100°C. Em contrapartida, com a técnica MQL o mesmo processo de usinagem alcança temperatura até 50% menor: no caso do teste, a média caiu de 150ºC para 75ºC. Vale lembrar ainda que, ao controlar a temperatura do corte, as indústrias reduzem os custos de manutenção com máquinas e ferramentas, já que as mesmas passarão por desgaste menor e ganharão aumento de vida útil.

“A técnica MQL consiste basicamente numa névoa composta por ar comprimido e uma mínima quantidade de lubrificante que será direcionada para o ponto exato de cisalhamento entre a peça e a ferramenta de corte”, explica Marcos Pacheco, químico Sênior da Quimatic Tapmatic.  “Como o sistema de nebulização para usinagem substitui a utilização convencional dos fluidos, outra vantagem é a economia de até 50% do consumo de fluido de corte nas indústrias e uma consequente redução do impacto ambiental da usinagem de materiais metálicos.”

Para maior eficácia da técnica MQL, a Quimatic Tapmatic sugere aos clientes o uso do Nebulizador IV Quimatic (com uma mangueira flexível para a saída do fluido) e/ou do Nebulizador V, com duas saídas independentes para o direcionamento da névoa, o que permite a aplicação do lubrificante de forma simultânea dos dois lados de serras e cabeçotes fresadores, por exemplo.

Indicados para uso em operações de corte por serra, torneamento, fresagem, mandrilhamento, furação, alargamento, retífica e outras operações onde ótima lubrificação e refrigeração são fundamentais, os acessórios são fáceis de conectar ao sistema pneumático.

Qualidade - De acordo com a Quimatic Tapmatic, a nebulização do fluido de corte garante qualidade do acabamento superficial igual ou superior à de uma peça usinada pelo método convencional por transbordamento e recirculação de líquido. Isso acontece por que a nebulização facilita a penetração de partículas menores na zona de corte, aumentando assim o poder de lubrificação. Ao evitar o excesso de lubrificante, ganha-se maior facilidade na limpeza e melhor conservação das máquinas operatrizes. Além disso, o jato de ar comprimido presente no nebulizador garante a ótima refrigeração da operação e favorece a expulsão do cavaco da região de corte, o que melhora a visualização da usinagem.

Devido à economia de líquido, é possível utilizar ainda um fluído de melhor qualidade, assegurando melhoria de processos e peças com excelente acabamento. Outra vantagem proporcionada pelo método é o menor impacto ao meio ambiente. Afinal, como o fluido de corte é consumido em mínima quantidade, não deixa resíduo e elimina-se a operação de descarte de óleos usados nos processos de usinagem.

Copyright © Sellcomm Editora - Todos os direitos reservados
Receba nossa Newsletter
enviar